Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/12288

TitleDe barro se faz memória
Other titlesFrom clay is memory made
Author(s)Fernandes, Isabel Maria
KeywordsOlaria
Cerâmica
Processo de fabrico
Uso e desuso da olaria
História da olaria
Decoração com mica
Ergonomia e olaria
Comercialização da olaria
Cuscuzeiro
Issue date2003
PublisherAssírio & Alvim
CitationIn SILVA, Raquel Henriques da ; FERNANDES, Isabel Maria ; SILVA, Rodrigo Banha da, ed. lit. – “Olaria portuguesa : do fazer ao usar”. Lisboa : Assírio & Alvim, 2003. ISBN 972-37-0870-1. p. 17-33, 220-221.
Abstract(s)Analisa-se a olaria numa perspectiva funcional, chamando a atenção para a sua utilidade, e por isso para a sua valorização, no passado. Fala-se na ergonomia das formas oláricas e nos seus usos e desusos, dando-se exemplos de peças que noutros tempos eram produzidas pelos oleiros, mas, porque deixaram de ser úteis deixaram de ser produzidas. Distingue-se entre a loiça de uso comum e a loiça de luxo. Chama-se a atenção para a necessidade de estudo dos processos de fabrico ao longo dos séculos e para a análise dos modos e das áreas de comercialização.
TypeBook part
DescriptionO documento encontra-se também em língua inglesa
URIhttps://hdl.handle.net/1822/12288
ISBN972-37-0870-1
AccessOpen access
Appears in Collections:DH - Capítulos de Livros/Book Chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERNANDES 2003C.pdfDocumento principal1,38 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID