Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/13292

TitleA transição no exercício da parentalidade durante o primeiro mês de vida da criança: constatando um mundo desconhecido e avassalador
Author(s)Martins, Cristina Araújo
KeywordsExercício parental
Descoberta
Insegurança
Parental practice
Discovery
Iunsecurity
Issue dateNov-2010
PublisherEscola Superior de Enfermagem do Porto. Núcleo de Investigação de Enfermagem de Familia (NIEF)
Abstract(s)Criar uma criança é um desafio de grande responsabilidade para os progenitores, pela complexidade de competências e saberes necessários, e exige profundas alterações nos papéis sociais do casal, acompanhadas de necessidades de redefinição e reorganização de projectos de vida, com padrões de prestação de cuidados que podem influenciar a interacção Pais-criança no futuro. A proposta deste estudo foi compreender Como se desenvolve a transição para o exercício da parentalidade durante o primeiro mês de vida da criança? O conhecimento e a compreensão destas experiências parentais são fundamentais para os enfermeiros poderem apoiar os Pais nesta transição. Este artigo é parte dos resultados da pesquisa que investigou a experiência de casais que vivenciam o primeiro ano de exercício parental. Utilizou como referencial metodológico a Grounded Theory e contou com a participação de cinco casais participantes (4 primíparos e 1 multíparo). A recolha de dados realizou-se a partir de entrevistas semi-estruturadas e observação participante. A análise de dados ainda está em curso, reporta-se aos níveis de codificação aberta e axial (ainda incipiente) e é realizada com recurso ao programa NVivo 8.0. Este trabalho descreve a categoria – Um mundo desconhecido e avassalador – constituída pelas subcategorias: “confrontar-se com a prestação de cuidados”, “constatar o impacto do bebé nas suas vidas”, “dúvidas no exercício da parentalidade”, “dificuldades sentidas na prestação de cuidados”, “experiência esgotante” e “experiência menos esgotante”.
Raising a child is a great responsibility challenge for the progenitors, due the complexity of necessary competences and knowledge, and demands deep changes in the social roles of the couple happen, along with needs of redefinition and reorganization of life projects, with care giving patterns that can influence the parents-child interaction in the future. The propose of this study was to understand How does the transition to parenthood practice develop during the child's first year? The knowledge and understanding of these parental experiences arc fundamental for nurses to be able to support parents during this transition. This article is part of the results of the search that investigated the experience of couples during the first year of parental exercise. The Grounded The01Y was used as methodological referential and five couples participated (4 primiparous and 1 multiparous). Data collection was realized based on semi-structured interview and participant observation. Data analysis is still developing; it refers to levels of open and axial (still incipient) codification and is realized with the help of N Vivo 8.0. This work describes the category - An unknown and overwhelming world - constituted by the subcategories: "facing care giving", "realizing the baby's impact on their lives", "doubts concerning the parental exercise", "perceived difficulties related to care giving", "exhausting experience" and "less exhausting experience".
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/13292
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:ESE-CIE - Livros de atas / Papers in conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Constatando um mundo desconhecido e avassalador.PDFDescrição de categoria2,2 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID