Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/22725

TitleCidadania e imigração na União Europeia: a força das fronteiras nacionais
Author(s)Ribeiro, Rita
Rodrigues, Sónia
KeywordsCidadania
Imigração
Europa
Issue date2012
PublisherAssociação Portuguesa de Sociologia (APS)
Abstract(s)Este trabalho tem como objectivo reflectir acerca dos desafios que se colocam ao exercício de cidadania, considerando as transformações decorrentes dos processos de globalização, da consagração da cidadania da União Europeia e dos fluxos migratórios que ocorreram, nas últimas décadas, no espaço europeu. Tal como foi estabelecida nos séculos XIX e XX, a cidadania corresponde ao contrato de reconhecimento mútuo entre o Estado e o indivíduo, mas tal condição é sempre antecedida pela origem nacional. O debate teórico sobre esta temática tem analisado propostas de desvinculação entre cidadania e nacionalidade. No que respeita à cidadania europeia, conclui-se que nela não se verificam os pressupostos de uma cidadania pós-nacional, por não prescindir da condição da nacionalidade. Acresce que as transformações por que passam os Estados e as suas formas mais canónicas de soberania, em paralelo com o processo complexo de globalização, obrigam a um trabalho sociológico de desconstrução do próprio conceito de cidadania.
This paper aims to reflect on the challenges of the exercise of citizenship, considering the changes arising from the process of globalization, the European Union citizenship, and massive migration flows that have been taking place in recent decades in Europe. As established in the nineteenth and twentieth centuries, citizenship corresponds to the mutual recognition between the state and the individual; however, this condition is always preceded by national origin. The theoretical debate on this issue has proposed the disconnection between citizenship and nationality. With regard to European citizenship, it is appropriate to deduce that it does not fully accomplish the features of a post-national citizenship, since it requires the nationality of a Member-State. Moreover, social and political changes states and their canonical forms of sovereignty, along with the complex process of globalization, claim for a sociological work of deconstruction of the concept of citizenship.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/22725
ISBN978-989-97981-0-6
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings
DS/CICS - Actas/Proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cidadania e imigração na União Europeia.pdfDoc466,21 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID