Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/29255

TitleA coroação das vísceras: representações do avesso na poesia de Luís Miguel Nava
Author(s)Sousa, Carlos Mendes de
KeywordsPoesia portuguesa contemporânea
Luís Miguel Nava
Poesia e outras artes
Corpo
Distorção
Sintaxe
Issue dateOct-1997
PublisherFundação Luís Miguel Nava
JournalRelâmpago: Revista de Poesia
Abstract(s)Apesar da dimensão estruturante, é sobretudo nas linhas de fuga que se espelha aquele que pode considerar-se o vector mais afirmativo da poética de Luís Miguel Nava: o estilhaçamento na representação do corpo. Os trânsitos anamórficos configuram distorções que se consubstanciam sobretudo numa complexa teia de intercâmbios entre os órgãos do corpo e a paisagem, recriada e centrada em espaços obsessivos. As asperezas resultantes da distorção sintáctica contribuem para que na obra de Luís Miguel Nava se acentue o estranhamento. Na própria acumulação de nós se torna visível a diferença da sua dicção, uma das mais singulares da recente poesia portuguesa.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/29255
ISSN0873-9501
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Artigos publicados em revistas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A coroação das vísceras.pdf1,15 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID