Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/34520

TitleO diálogo com o mosteiro beneditino de Santo Tirso
Author(s)Moura, Vera Lúcia Alves
Advisor(s)Fontes, André Cerejeira
Issue date2014
Abstract(s)O presente trabalho consiste num exercício prático em torno do mosteiro beneditino de Santo Tirso, datado de 978. Este caso de estudo foi seleccionado por apresentar uma cultura, uma história em que alguns apenas o podem disfrutar, a escola agrícola Conde de São Bento. O principal objectivo do projecto será quebrar as barreiras que esta casa monástica persiste com a cidade. Para isso, o público encontrará programas a ele dirigido para assim usufruir do edifício e do território, carregados de história. Também serão melhoradas as condições de vida da escola existente, transladando-a para um edifício novo, que seguirá a lógica de crescimento linear do mosteiro beneditino de Santo Tirso. Para construir o organismo vivo dentro da propriedade do mosteiro será necessário compreender a sua ordem beneditina, a sua implantação no território, o seu programa e a sua forma de crescimento, para tomar as decisões correctas sobre o novo projecto, sem entrar em conflito com o existente. O projecto tornará este mosteiro mais público, mesmo a exercer a sua actividade escolar. Haverá, no entanto, regras de uso espacial destinadas ao público e ao privado (escola agrícola). Numa primeira parte deste ensaio será abordado temas específicos sobre o mosteiro beneditino e numa segunda parte, esta mais importante, será apresentado a memória descritiva da proposta de projecto para o mosteiro de Santo Tirso.
The present work shows a practical exercise around the beneditin monastery of Santo Tirso, aged since 978. This study case was selected because embraces a culture, a history that only a few people can enjoy, the Conde de São Bento agriculture school. The main purpose of the project is to break the barriers that this monastic house persists with the city. So, the public will find specific programs designated to them, so they can enjoy the building and the territory, fulfill with of history. The conditions of life of the school will be improved, translating it for a new building, it will follow the rule of a linear growth of the beneditin monastery of Santo Tirso. To create a life of this organism inside the monastery property, it will be necessary to understand the beneditin order, how it was implanted, his program and how it was his growth form, to make the right choices about the new Project, without entering against the first one. The Project will make the monastery a local place, where school can have a particular role. Although there will be spatial rules to the public and private place (agriculture school). The first stage of this essay will include specific themes about the beneditin monastery, and at a second stage (the more important one), it will be presented a descriptive memory of project proposal for the Santo Tirso monastery.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Arquitectura
URIhttps://hdl.handle.net/1822/34520
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EAAD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O diálogo com o Mosteiro Beneditino de Santo Tirso_Vera Moura n.º58380.pdf3,87 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID