Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/50970

TitleUso da calculadora gráfica na exploração de modelos contínuos não lineares
Other titlesThe use of graphing calculator in the exploration of nonlinear continuous models
Author(s)Viseu, Floriano
Campos, Sara
Fernandes, José António
Rocha, Helena
KeywordsCalculadora gráfica
Aprendizagem de modelos contínuos não lineares
Alunos do 11.º ano de escolaridade
Graphing Calculator
Learning of nonlinear continuous models
11th grade students
Issue date2016
PublisherUniversidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas
JournalRevemat: Revista Eletrônica de Educação Matemática
CitationViseu, F., Campos, S., Fernandes, J. A. & Rocha, H. (2016). Uso da calculadora gráfica na exploração de modelos contínuos não lineares. REVEMAT, v.11, n. 2, 79-98.
Abstract(s)A integração da calculadora gráfica na realização de atividades matemáticas faz com que os alunos expressem muitos dos seus processos e das suas formas de pensar. Como no ensino secundário algumas dessas atividades são realizadas com a calculadora gráfica, pretendemos averiguar o contributo deste recurso na promoção da aprendizagem de modelos contínuos não lineares de alunos do 11.º de Matemática B1. Adotando uma metodologia qualitativa, recolhemos e analisamos as produções escritas dos alunos. No início, os alunos tendem a registar a informação que retiram da calculadora sem justificar o que apresentam. À medida que adquirem habilidade de usar este recurso, tendem a definir a janela de visualização que lhes permite visualizar representações gráficas das funções que modelam as situações problema com que se depararam e relacionar diferentes menus no estudo de características dessas funções. Tais procedimentos fazem com que o registo da informação que retiram da calculadora seja acompanhado da justificação dos seus raciocínios e da validação das conjeturas que estabelecem.
The integration of the graphing calculator in mathematical activity encourages students to express many of their processes and ways of thinking. Since some of the activities at the high school level are carried out with the graphing calculator, we intend to investigate the contribution of this resource to promote the learning of nonlinear continuous models in the 11th grade. By adopting a qualitative methodology, we collected and analysed the students‟ writing productions. At first, students used to present the information given by the calculator with no justification. As they acquire skills in the use of this resource, they usually set up the viewing window in order to visualize the graphical representations of functions that model the problem situation they are working on and also relate the different existing menus in the study of those functions characteristics. Such procedures make students to present the data collected in the calculator with a justification of their arguments and a validation of their conjectures.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/50970
DOI10.5007/1981-1322.2016v11n2p79
e-ISSN1981-1322
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Artigos em revistas científicas internacionais com arbitragem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 REVEMAT.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID