Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/62270

TitleA ambivalência de Goa como imagem do império português e as representações da sociedade colonial na literatura luso­-indiana “de recreio”
Author(s)Passos, Joana
Keywordsliteratura colonial
Resistência anti-colonial
Literatura comprometida
Lusofonias
Issue date2008
PublisherUniversidade de Coimbra. Faculdade de Letras. Centro de Estudos Sociais
Journale-cadernos CES
CitationPassos, J. (2008). A ambivalência de Goa como imagem do império português e as representações da sociedade colonial na literatura luso-indiana “de recreio”. e-cadernos ces, (01).
Abstract(s)Pelo estudo da literatura indo­portuguesa nos séculos XIX e XX, nesta investigação procura­se revisitar a vida cultural de Goa, contribuindo assim para fazer o complexo mapa das vivências e ideologias que o império trouxe à cultura portuguesa e à compreensão que temos do nosso passado histórico e da nossa identidade colectiva. Apresenta­se ainda o contexto de desenvolvimento de uma literatura indo­portuguesa no século XIX através da discussão de alguns excertos de dois folhetins aí publicados: o primeiro conjunto de excertos será retirado de “Traição”, de Frederico Gonçalves, publicado nas páginas do jornal literário “Ilustração Goana" em 1864. O segundo conjunto de citações é de “Jacob e Dulce” de Francisco João da Costa, também conhecido pelo pseudónimo de GIP, texto publicado como romance, mas que apareceu em primeiro lugar como folhetim, nas páginas do Jornal “O Ultramar”, em 1896.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/62270
ISSN1647-9270
e-ISSN1647-0737
Publisher versionhttps://journals.openedition.org/eces/100
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEHUM - Artigos publicados em revistas


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID