Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/64240

TitleAlgumas considerações sobre a admissibilidade probatória dos ilícitos disciplinares de trabalhadores detetados através de sistemas de videovigilância: anotação ao acórdão do Tribunal da Relação do Porto, de 07 de dezembro de 2018
Author(s)Moreira, Teresa Alexandra Coelho
Issue date2018
PublisherEdições Almedina, S.A.
JournalRevista Questões Laborais
Abstract(s)A videovigilância, assim como a geolocalização tem-se tornado, nos tempos que correm, e pelos mais diversos motivos, num fenómeno omnipresente na nossa realidade dando origem a grandes discussões, debates e controvérsias quanto aos benefícios e/ou perigos sobre esta forma de vigilância e de controlo. Contudo, a medida de controlo do empregador que tenha a finalidade de controlar o desempenho profissional dos trabalhadores, que supõe um tratamento de dados pessoais, não pode ser considerada uma finalidade legítima. Por outro lado parece-nos defensável que quando através das gravações obtidas se visualizar a prática de ilícitos penais de relevo que consubstanciem, simultaneamente, infrações disciplinares graves, se possam utilizar para fins disciplinares as imagens obtidas. Mas apenas nestes casos. Não quando o que se visualiza constitua apenas infrações disciplinares.
Video surveillance as well as geolocation have become, nowadays, and for many different reasons, a phenomenon that is omnipresent in our reality giving rise to discussions, debates and controversies about the benefits and / or dangers of this form of surveillance and control. However, an employer's control aimed at controlling the professional performance of employees, which entails the processing of personal data, cannot be regarded as a legitimate purpose.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/64240
ISSN0872-8267
Peer-Reviewedyes
AccessRestricted access (Author)
Appears in Collections:ED/DCJPs - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
algumas considerações sobre a admissibilidade probatória dos ilícitos disciplinares.pdf
  Restricted access
1,11 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID