Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/64624

TitlePapel da supervisão pedagógica na (re)construção da disciplina de Formação Musical – um estudo de caso no estágio da formação inicial de professores
Other titlesThe role of pedagogical supervision in the (re)construction of the subject Formação Musical – a case study in the practicum of initial teacher education
Author(s)Vieira, Luísa Santos Pais
Advisor(s)Vieira, Flávia
Costa, Jorge Alexandre Cardoso Marques da
KeywordsEnsino Especializado de Música
Estágio
Formação inicial de professores
Formação Musical
Supervisão pedagógica
Music Education
Practicum
Initial teacher education
Formação Musical
Pedagogical Supervision
Issue date6-Nov-2019
Abstract(s)A Formação Musical é uma disciplina que integra um sistema de ensino não obrigatório em Portugal, que não segue um programa oficial a nível nacional e é descendente de uma tradição pedagógica inicialmente orientada por objetivos de ensinar a ler e escrever música. A recente autonomia que lhe foi conferida parece constituir um desafio estratégico ao seu desenvolvimento, mas pode constituir também um obstáculo à consolidação da sua identidade. Assim, há que compreender em que medida a autonomia profissional é efetivamente exercida e qual o papel da formação inicial de professores na (re)construção da disciplina. Com este propósito, foi realizado um estudo de caso incidente em conceções e práticas pedagógicas e supervisivas no contexto do estágio da disciplina de Formação Musical do Mestrado em Ensino da Música, ramo Formação Musical, do Instituto Politécnico do Porto, ministrado em colaboração entre a Escola Superior de Educação (ESE) e a Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo (ESMAE). O estudo visou analisar: i) conceções e práticas de ensino e aprendizagem da disciplina de Formação Musical; ii) conceções e práticas de supervisão no desenvolvimento profissional dos professores de Formação Musical; iii) contributos das conceções e práticas pedagógicas e supervisivas para a construção da identidade da disciplina de Formação Musical; iv) constrangimentos e desafios do desenvolvimento curricular da disciplina de Formação Musical e do desenvolvimento profissional dos professores. Os dados foram essencialmente obtidos por meio do inquérito (por questionário e entrevista) e da análise de Relatórios de Estágio, sendo complementados com dados obtidos em fontes subsidiárias. O estudo reporta-se ao estágio de Formação Musical no ano letivo de 2015/16, envolvendo 10 estagiários, 10 professores cooperantes das escolas e 2 professores supervisores da instituição de formação. Os resultados indicam que os intervenientes apreciam a liberdade pedagógica, mas também sentem a necessidade de orientações a nível nacional para uma maior coesão da disciplina. Indiciam conceções da disciplina tendencialmente mais transformadoras do que as práticas vivenciadas, o que desvela alguns constrangimentos no exercício da autonomia profissional, aparentemente radicados na história da disciplina e na sua organização escolar. Embora coexistam perceções diversas relativamente à supervisão pedagógica, encontram-se consensos na valorização da colaboração, da reflexividade e do desenvolvimento da autonomia dos estagiários em contexto formativo. As práticas de (auto/co) supervisão apresentam, segundo os intervenientes, o potencial de renovação da disciplina através de uma atuação de questionamento, autorregulação, colaboração dialógica, experimentação, investigação e melhoria das práticas. Embora se trate de um estudo de caso, os resultados poderão encontrar ressonância em contextos análogos, fomentando a reflexão sobre o papel da supervisão pedagógica na (re)construção da disciplina.
Formação Musical is a school subject within music education that integrates a non-compulsory educational system in Portugal, does not follow a national syllabus, and derives from an educational tradition initially aimed at teaching how to read and write music. The recent autonomy conferred on it seems to constitute a strategic challenge for its development, however it may also constitute an obstacle to the consolidation of its identity. Thus, it is important to understand whether professional autonomy is actually exercised and what is the role of initial teacher education for the (re)construction of this school subject. For this purpose, a case study was carried out focusing on pedagogical and supervision conceptions and practices within the context of the practicum of Formação Musical in the Master in Music Teaching of the Polytechnic Institute of Porto, taught in collaboration between the School of Education and the School of Music and Performing Arts. The study aimed to analyze: i) conceptions and practices of teaching and learning Formação Musical; ii) conceptions and practices of supervision for the professional development of teachers of Formação Musical; iii) contributions of pedagogical and supervision conceptions and practices for building the identity of Formação Musical; (iv) constraints and challenges of the curricular development of Formação Musical and teachers’ professional development. Data was essentially gathered through questionnaires, interviews and the analysis of practicum reports, complemented with data from subsidiary sources. The study relates to the practicum of Formação Musical in the academic year of 2015/16, involving 10 student teachers, 10 cooperating teachers and 2 faculty supervisors. The results show that the participants appreciate pedagogical freedom, but also feel the need for national guidelines for a greater cohesion of the subject. Conceptions of Formação Musical appear to be more transformative than the experienced practices. This reveals some constraints to professional autonomy, apparently rooted in the history of this subject and its organization at school. Although there are different perceptions regarding pedagogical supervision, there is agreement about the value of collaboration, reflectivity, and the development of student teachers’ autonomy in a formative context. According to the participants, (self/co) supervision practices may contribute to the renewal of Formação Musical through questioning, self-regulation, dialogic collaboration, experimentation, and inquiry into and improvement of school practices. Although this is a case study, results may resonate with similar contexts, fostering reflection about the role of pedagogical supervision in the (re)construction of Formação Musical.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em Ciências da Educação (Especialidade em Supervisão Pedagógica)
URIhttps://hdl.handle.net/1822/64624
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
CIEd - Teses de Doutoramento em Educação / PhD Theses in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luisa Santos Pais Vieira.pdf6,05 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID