Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/66524

TitleDo Registo de Saúde Eletrónico à administração de medicamentos assistida
Author(s)Dias, Inês São José Simões
Advisor(s)Rocha, Jorge Gustavo
Issue date2019
Abstract(s)Ao longo dos últimos anos, tem-se assistido a um crescente avanço ao nível das Tecnologias da Informação (TI) e o caso da aplicabilidade das TI à área da saúde não é excepção, dando origem ao que se designa de Tecnologias de Informação da Saúde (TIS). Assim, com o decorrer do tempo e dos ditos avanços, surgiram novas ferramentas, tecnologias e Sistemas de Informação Hospitalar (SIH) com o intuito de melhorar a qualidade da prestação dos serviços das instituições de saúde e, do lado do utente, com o objetivo de proporcionar um acesso cada vez mais eficiente aos cuidados de saúde. Um dos avanços mais significativos na prossecução da interoperabilidade entre sistemas e na centralização da informação é o Registo de Saúde Eletrónico (RSE). Este sistema integra dados do utente provenientes de várias fontes, tornando-se um ativo válido no que diz respeito ao suporte da decisão clínica. Paralelamente a isso, permite ainda o acesso a aplicações para a realização de processos operacionais, tais como a prescrição de medicamentos e exames de forma eletrónica. Partindo destes pressupostos, foi então estudado o estado atual dos avanços destes SIH em Portugal, por forma a perceber de que forma seria possível, com os recursos existentes atualmente, munir o utente de melhores e mais informações acerca da sua saúde. Por isso, o principal objetivo deste projeto de dissertação é desenhar e desenvolver uma aplicação móvel capaz de apoiar o utente no cumprimento das suas obrigações de saúde, sejam elas consequência de eventos numa determinada instituição ou mesmo a toma de medicamentos prescritos. Para além disso, é também pretendido que, para além do possível apoio conseguido através da aplicação criada, se consiga ainda criar uma comunidade de auxílio ao utente, através da criação de um agregado. A principal motivação é, portanto, uma melhoria na qualidade da saúde do utente, através de um acompanhamento monitorizado e o mais individualizado possível. Metodologicamente, partiu-se de uma análise completa aos dados provenientes do Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e de outras instituições de saúde, com o intuito de contornar a inexistência de uma API e conseguir extrair e tratar os dados e, posteriormente, carregá-los na Base de Dados (BD) que alimenta a aplicação. Ultrapassada essa dificuldade, comprova-se então a possibilidade de agregar toda a informação de um mesmo utente numa só aplicação, com a devida autenticação.
Over the years, we have witnessed a growth in the Information Technologies (IT) field and the case of the IT’s applicability to healthcare is no exception, originating the so-called Health Information Technologies. Thus, with these advances, new tools, technologies and Hospital Information Systems (HIS) have emerged with the aim of improving the quality of health care provided by health institutions and, on the user side, with the objective to provide increasingly efficient access to health care. One of the most significant advances in the pursuit of interoperability between systems and the centralization of information is the Electronic Health Record (EHR). This system integrates user’s data from several sources, making it a valid asset with respect to clinical decision support. Parallel to this, it also allows access for operational processes, such as medical prescription of medication and exams electronically. Based on these assumptions, the current state of progress of these systems in Portugal was studied in order to understand how, with the existing resources, it would be possible to provide the user with better and more information about their health. Therefore, the main objective of this dissertation project is to design and develop a mobile app capable of supporting the user in the fulfillment of their health obligations. In addition, it is also intended that, besides the app support, the user can get extra support, by creating an aggregate. The main motivation is, therefore, an improvement in the user’s healthcare quality, monitoring it and as individualized as possible. Methodologically, it started with a complete analysis of data provided by Serviço Nacional da Saúde (SNS) and other healthcare institutions, with the aim of overcoming the inexistence of an API, and to be able to extract, transform and then load data into the Database (DB) that provides the app. By overcoming this difficulty, with the proper authentication, it is proved to be possible to aggregate all patient’s EHR in a single app.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia Biomédica (área de especialização em Informática Médica)
URIhttps://hdl.handle.net/1822/66524
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
DI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Inês-São-José-Simões-Dias-dissertação.pdf2,31 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID