Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/74368

TitleDesenvolvimento de competências emocionais dos profissionais de saúde em contexto de uma unidade de cuidados coronários
Other titlesEmotional skills development of health professionals a coronary care unit
Author(s)Macedo, Ana Paula
Gomes, Lisa
Pereira, Rui Pedro Gomes
Cainé, João
Martins, Silvana
Editor(s)Lucimara, Fornari
Cleoneide Oliveira
Ellen Synthia Fernandes de Oliveira
Brígida Mónica Faria
Jaime Ribeiro
Elza de Fátima Ribeiro Higa
KeywordsCompetência Emocional
Intervenção Psicoeducativa e Formativa
Profissionais de Cuidados Coronários
Gestão Emocional
Emotional Competence
Coronary Care Professionals
Emotional Management
Intervention
Psycho-educational and Formative Intervention
Issue date8-Jul-2021
PublisherLudomedia – Conteúdos Didácticos e Lúdicos
CitationAna Paula Macedo, Lisa Gomes, Rui Pereira, João Cainé, & Silvana Martins. (2021). Desenvolvimento de competências emocionais dos profissionais de saúde em contexto de uma Unidade de Cuidados Coronários. New Trends in Qualitative Research, 8, 864–870. https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.864-870
Abstract(s)Ambientes complexos como é o contexto de atuação dos profissionais de saúde inclui uma articulação conhecimentos e competências, sendo certo que uma forte exigência do processo de construção de competências emocionais implica também um maior emprego de conhecimentos. Significa que para além da necessidade de cada profissional possuir conhecimentos técnicos em domínios especializados, tem também de reunir um conjunto de competências essenciais de carácter pessoal e interpessoal. Neste sentido as competências emocionais encontram-se positivamente associadas a um conjunto de características pessoais que promovem o recurso a boas práticas profissionais e servem de fator de proteção ao bem-estar dos indivíduos. Esta investigação pretende estudar o impacte de uma intervenção psicoeducativa e formativa no desenvolvimento de competências emocionais dos profissionais de saúde, que trabalham numa unidade de cuidados coronários. A opção por este tipo de unidade cuidados justifica-se pela dimensão prioritária, e permanente de intervenção na área da saúde, que a doença crónica do foro cardíaco exige. Para responder a este objetivo, optou-se pelo recurso a uma metodologia de investigação baseada nos métodos mistos. Os dados foram recolhidos junto de seis profissionais de saúde, recorrendo-se ao método de Focus Group e aos questionários validados para a população que integra a amostra. A análise conjugada de dados qualitativos e quantitativos permitiu uma melhor compreensão da realidade e uma análise mais rigorosa da intervenção junto dos profissionais de saúde. Os discursos dos participantes para além de terem revelado a necessidade de frequentar ações formativas para que as suas práticas sejam, cada vez mais, baseadas em evidência científica, revelaram também a necessidade em saber lidar com a complexidade do contexto de trabalho. Na avaliação pós-intervenção, destaca-se a avaliação positiva que os profissionais fazem às sessões de intervenção e da importância das mesmas para a sua evolução pessoal e profissional. Estes resultados reforçam a importância de se desenvolverem ações de carácter formativo e psicoeducativo junto dos profissionais de saúde.
Complex work environments, such as the context in which health professionals operate, include an articulation of knowledge and skills, and it is true that a strong demand for the construction of emotional skills also implies a greater use of knowledge. It means that, in addition to the need for each professional to have technical knowledge in specialised domains, they also need to bring together a set of essential personal and interpersonal skills. In this sense, emotional competencies are positively associated with a set of personal characteristics that promote the use of good professional practices and serve as a protective factor for the well-being of individuals. This research aims to study the impact of a psychoeducational and training intervention on the development of emotional competencies of health care professionals working in a coronary care unit. The choice of this type of care unit is justified by the priority and permanent dimension of intervention in the health area required by chronic heart disease. To answer this objective, a mixed-methods research methodology was used. Data were collected from six health professionals, using the focus group method and questionnaires validated for the sample population. The combined analysis of qualitative and quantitative data allowed for a better understanding of reality and a more rigorous analysis of the intervention with health professionals. The participants' speeches revealed that the psychoeducational and formative intervention allowed for the introspection and reflection of feelings regarding the procedures implemented by these professionals for cardiac patients in a period of pandemic caused by SARS-COV2. The continuity of training actions for the mastery of emotional skills is highlighted by all professionals, allowing a more effective confrontation of a complex reality.
TypeBook part
URIhttps://hdl.handle.net/1822/74368
ISBN978-989-53220-0-8
DOI10.36367/ntqr.8.2021.864-870
Publisher versionhttps://publi.ludomedia.org/index.php/ntqr/article/view/484
AccessOpen access
Appears in Collections:ESE-CIE - Livros e Capítulos de Livros / Books and Book Chapters


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID