Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/79626

TitleDeveloping a gamified and interactive virtual tour to a research centre as an educational resource – the International Iberian Nanotechnology Laboratory
Other titlesO desenvolvimento de uma visita virtual gamificada e interativa a um centro de investigação como um recurso educativo – o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia
Author(s)Nogueira, Ana Sofia Marques
Advisor(s)Castro, António Vieira de
Araújo, Sílvia
KeywordsComunicação de ciência
Ferramenta educacional
Gamificação
Visita virtual
Educational tool
Gamification
Science communication
Virtual tour
Issue date30-Jun-2022
Abstract(s)Num mundo digital em constante crescimento, a tecnologia pode ser uma ferramenta importante para ajudar os professores a atender às necessidades de cada aluno, à medida que novas estratégias pedagógicas e recursos de ensino on-line estão a ser introduzidos nas salas de aula. As visitas virtuais podem tornar-se um destes recursos tecnológicos valiosos ao aproximar os alunos da ciência, permitindo lhes visitar centros de investigação e laboratórios – não só do seu país, mas também internacionais – sem a necessidade da sua presença física. Estes tipos de tecnologias permitem que os alunos visitem lugares que de outras formas não poderiam visitar, seja por causa da distância ou outros impedimentos, mas também laboratórios que mesmo numa visita presencial não conseguiriam entrar, como "salas limpas", que são ambientes controlados altamente monitorizados que só podem ser vistos de fora numa visita escolar normal. Uma visita virtual permite que os alunos vejam de perto o que acontece dentro desses laboratórios e os equipamentos neles utilizados, para além de terem acesso a mais informações e conteúdos do que numa visita física, que podem revisitar a qualquer hora e em qualquer lugar. Esta forma de visita escolar remota aliada ao potencial da gamificação como estratégia pedagógica podem tornar-se uma forma inovadora de cativar e despertar o interesse dos alunos no ensino de ciência e tecnologia. Este relatório de estágio explora o desenvolvimento de um protótipo de uma visita virtual 360º gamificada ao Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), como uma ferramenta educativa para comunicar ciência de forma divertida e interativa, e também para dar a conhecer a investigação desenvolvida no INL. Para esse propósito, o presente relatório aborda os conceitos de visitas virtuais e gamificação, bem como a importância das visitas de estudo e a noção das visitas virtuais se poderem vir a tornar uma alternativa para as visitas escolares. Com isso exposto, as tarefas para o desenvolvimento da visita virtual e a sua gamificação são descritas detalhadamente ao longo do relatório, e uma avaliação dos resultados é feita por meio de um questionário feito a uma amostra do público-alvo da visita: alunos do 8º ao 11º anos.
In an ever-growing digital world, technology can be a powerful tool to help teachers meet the needs of each individual student as new pedagogical strategies and online teaching resources are being brought into the classroom. Virtual tours can become one of these valuable technological resources by bringing students closer to science, allowing them to visit research centres and laboratories – not only from their country but also internationally – without requiring their physical presence. This technology enables students to see places they wouldn't be able to visit because of either distance or other impediments, but also laboratories that even in a physical field trip they wouldn't be able to enter, such as "cleanrooms", which are highly monitored and controlled environments that can only be seen from the outside on a normal school visit. A virtual tour allows students to see up close what goes on inside these laboratories as well as the equipment used there, while also having access to more information than they would on a physical visit, at any time and place. This form of remote visit combined with the potential of gamification as a pedagogical strategy can be an innovative way to teach science and engage students. This internship report explores the development of a gamified 360º virtual tour prototype of the International Iberian Nanotechnology Laboratory (INL), as an educational tool to communicate science enjoyably and interactively and to bring awareness to the research developed at INL. For this purpose, the present report addresses the concepts of virtual tours and gamification and the importance of field trips focusing on the idea of virtual visits becoming an alternative for field trips. With this exposed, the tasks for the development of the virtual tour and its gamification are described in detail throughout the report, and an assessment of the results is done through a questionnaire made to a sample of the tour’s target audience: students from the 8th to 11th grades.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Humanidades Digitais
URIhttps://hdl.handle.net/1822/79626
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Sofia Marques Nogueira.pdf3,52 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID