Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/38446

TitleReverse engineering of web applications
Author(s)Silva, Carlos Eduardo Bastos Marques
Advisor(s)Campos, J. Creissac
Issue date25-Sep-2015
Abstract(s)Even so many years after its genesis, the Internet is still growing. Not only are the users increasing, so are the number of different programming languages or frameworks for building Web applications. However, this plethora of technologies makes Web applications’ source code hard to comprehend and understand, thus deteriorating both their debugging and their maintenance costs. In this context, a number of proposals have been put forward to solve this problem. While, on one hand, there are techniques that analyze the entire source code of Web applications, the diversity of available implementation technology makes these techniques return unsatisfactory results. On the other hand, there are also techniques that dynamically (but blindly) explore the applications by running them and analyzing the results of randomly exploring them. In this case the results are better, but there is always the chance that some part of the application might be left unexplored. This thesis investigates if an hybrid approach combining static analysis and dynamic exploration of the user interface can provide better results. FREIA, a framework developed in the context of this thesis, is capable of analyzing Web applications automatically, deriving structural and behavioral interface models from them.
Mesmo decorridos tantos anos desde a sua génese, a Internet continua a crescer. Este crescimento aplica-se não só ao número de utilizadores como também ao número de diferentes linguagens de programação e frameworks utilizadas para a construção de aplicações Web. No entanto, esta pletora de tecnologias leva a que o código fonte das aplicações Web seja difícil de compreender e analisar, deteriorando tanto o seu depuramento como os seus custos de manutenção. Neste contexto, foram desenvolvidas algumas propostas com intuito de resolver este problema. Não obstante, por um lado, existirem técnicas que analisam a totalidade do código fonte das aplicações Web, a diversidade das tecnologias de implementação existentes fazem com que estas técnicas gerem resultados insatisfatórios. Por outro lado, existem também técnicas que, dinamicamente (apesar de cegamente), exploram as aplicações, executando-as e analisando os resultados da sua exploração aleatória. Neste caso, os resultados são melhores, mas corremos o risco de ter deixado alguma parte da aplicação por explorar. Esta tese investiga se uma abordagem híbrida, combinando a análise estática com a exploração dinâmica da interface do utilizador consegue produzir melhores resultados. FREIA, uma framework desenvolvida no contexto desta tese é capaz de, automaticamente, analisar aplicações Web, derivando modelos estruturais e comportamentais da interface das mesmas.
TypeDoctoral thesis
DescriptionThe MAP-i Doctoral Program of the Universities of Minho, Aveiro and Porto
URIhttps://hdl.handle.net/1822/38446
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
DI/CCTC - Teses de Doutoramento (phd thesis)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carlos Eduardo Bastos e Marques da Silva.pdf8,74 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID