Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/47112

TitlePara possíveis leituras do espaço público em 'Cidade de Vidro' de Paul Auster
Other titlesFor possible readings of the public space in Paul Auster's 'City of Glass'
Author(s)Rosmaninho, João
KeywordsGrelha
Espaço público
Nova Iorque
Paul Auster
Cidade de Vidro
Issue dateDec-2011
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos (CEHUM)
JournalDiacrítica
Abstract(s)O conto de Paul Auster sugere e remete para reais e hipotéticos espaços nova-iorquinos, motivados por diferentes escalas e elementos, diferentes regimes e usos, diferentes ou semelhantes ruas e parques ou até confinados apartamentos e quartos. Nesse texto, o espaço público de Manhattan, assente numa linhagem de grelha urbana, serve de base a reflexões e mudanças narrativas tão inesperadas quanto pós-modernas. Este artigo propõe leituras outras dos lugares geneticamente inscritos e escritos na ilha, na história, na matriz e no sistema de Manhattan.
TypeArticle
DescriptionEste artigo resulta de uma reformulação do Capítulo 2 - Espaço Público da dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação, ‘Cidade de Escrita: Sobre espaço e leitura na Nova Iorque de Paul Auster’, apresentada pelo autor em fevereiro de 2009, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
URIhttps://hdl.handle.net/1822/47112
ISSN0807-8967
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:EAAD - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSMANINHO, Joao-Para Possiveis Leituras (2011).pdfARTIGO192,18 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID