Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/69742

TitleGestão dos alarmes clínicos na segurança do doente critico: perspetiva do enfermeiro numa Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos
Other titlesManagement of clinical alarms in critical patient safety: the nurse's perspective in a Cardiac Intensive Care Unit
Author(s)Silva, Sónia Cristina Faria da
Advisor(s)Cainé, João
KeywordsEnfermeiros
Gestão dos alarmes clínicos
Doente crítico
Segurança
Nurses
Management of clinical alarms
Critical patient
Safety
Issue date2020
Abstract(s)O progresso dos cuidados intensivos foi acompanhado pelo desenvolvimento da tecnologia de monitorização contínua invasiva e não invasiva dos parâmetros vitais. A vigilância enquanto intervenção de enfermagem é fundamental para o cuidado e segurança do doente crítico. A gestão dos alarmes clínicos pela sua complexidade pode causar impacto nos enfermeiros e doentes. Assim, através de um estudo qualitativo, do tipo descritivo e exploratório, pretendeu-se compreender uma realidade ainda pouco explorada: a perceção dos enfermeiros sobre a gestão dos alarmes clínicos na segurança do doente crítico, internado numa Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos (UCIC). Foram realizadas doze entrevistas semi - estruturadas a enfermeiros de um serviço de Cardiologia/UCIC. Posteriormente, as respostas foram analisadas pela técnica de análise de conteúdo categorial de Bardin. Emergiram três dimensões que na sua globalidade dão resposta aos objetivos específicos previamente delineados. O tema Monitorização numa Unidade de Cuidados Intensivos Cardíacos, representou a vivência e a realidade dos enfermeiros na gestão dos alarmes clínicos, através das respostas incluídas nas categorias vigilância/ monitorização, atitudes perante os alarmes clínicos, não atendimento do alarme, gestão da monitorização e estratégias de gestão dos alarmes. O segundo tema representa o Impacto no Enfermeiro, através da categoria desgaste profissional. Por último, no tema Impacto no Doente, identificaram-se as categorias: impacto do ruído no doente e a segurança do doente crítico. Os resultados encontrados constituem um contributo para um conhecimento mais abrangente do fenómeno em estudo, para uma compreensão das alterações que a gestão dos alarmes clínicos provocam no enfermeiro e no doente e a identificação de estratégias utilizadas pelos enfermeiros no sentido de permitir que as práticas possam ser refletidas, melhoradas e praticadas em segurança.
The progress of intensive care has been accompanied by the development of continuous, invasive and non-invasive, monitoring technology for vital parameters. Surveillance as a nursing intervention is essential for the care and safety of critically ill patients. The management of clinical alarms, due to their complexity, can impact nurses and patients. Thus, through a qualitative study, of a descriptive and exploratory type, it was intended to understand a reality still little explored: “the perception of nurses about the management of clinical alarms in the safety of critically ill patients, admitted to a Cardiac Intensive Care Unit”. Twelve semi-structured interviews were conducted with nurses in a Cardiology service / Cardiac Intensive Care Unit. Subsequently, the responses were analyzed using Bardin's categorical content analysis technique. Three themes emerged that, as a whole, respond to the specific objectives previously outlined. The theme “Monitoring in a Cardiac Intensive Care Unit” represented the experience and reality of nurses in the management of clinical alarms, through the responses included in the categories such as surveillance / monitoring, attitudes towards clinical alarms, non-compliance with the alarm, monitoring management and alarm management strategies. The second theme represents the “Impact on Nurses”, through the category of professional distress. Finally, in the “Impact on the Patient” theme, the categories identified were: the impact of noise on the patient and the safety of the critically ill patient. The results found are a contribution both to a more comprehensive knowledge of the phenomenon under study, and to an understanding of the changes that the management of clinical alarms cause, in nurses and patients, and the identification of strategies used by nurses in order to allow practices to be reflected, improved and practiced safely.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação do mestrado em Enfermagem da Pessoa em Situação Critica
URIhttps://hdl.handle.net/1822/69742
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
ESE-CIE - Dissertações de Mestrado/MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Sonia Cristina Faria da Silva.pdf6,14 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID