Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/73735

TitleE se começarmos por cumprir a Constituição da República Portuguesa?
Author(s)Gama, Manuel Carlos Lobão Araújo
KeywordsConstituição da República Portuguesa
Cultura
Políticas culturais locais
Issue date2021
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
CitationGama, M. (2021). E se começarmos por cumprir a Constituição da República Portuguesa? In M. Gama & P. R. Costa (Eds.), Políticas culturais municipais: Análise de documentos estruturantes em torno da cultura (pp. 15–35). CECS.
Abstract(s)No início da terceira década do século XXI, continua a ser necessário sublinhar a urgência de implementar em Portugal políticas culturais coerentes, consistentes, concertadas, continuadas e consequentes. Sem minimizar as responsabilidades da administração central, considera-se incontornável o papel central que o poder local pode e deve ter no processo de definição e implementação de políticas culturais, que, por um lado, respondam efetiva e positivamente às necessidades dos territórios e, por outro lado, coloquem a cultura e as políticas culturais no centro das discussões das políticas locais, regionais, nacionais e internacionais. Numa altura em que a crise é, mais uma vez, utilizada para justificar o pouco investimento, político e financeiro, na cultura, com o presente capítulo pretende-se realçar a importância de cumprir, também a partir da escala local, a dimensão cultural da Constituição da República Portuguesa. Convocando a presença da cultura na lei fundamental e alguns exemplos práticos de políticas e ações desenvolvidas desde que foi aprovada em 1976, procuramos: (a) sublinhar que, também no setor cultural, a ação do Estado e dos cidadãos se deve reger pela Constituição da República Portuguesa; (b) contribuir para que os municípios portugueses aproveitem esta oportunidade para efetuar uma análise profunda à sua ação no campo da cultura. Para todos os que tiverem dúvidas sobre o ponto de partida para a implementação em Portugal de uma rede de políticas culturais públicas e privadas, que articuladamente, desenvolvam um conjunto de medidas setoriais para atingir o objetivo, tão aparentemente simples, de contribuir para o desenvolvimento integral dos indivíduos e das sociedades, sugerimos que tentem responder à seguinte pergunta: e se começarmos por cumprir a Constituição da República Portuguesa?
TypeBook part
URIhttps://hdl.handle.net/1822/73735
ISBN978-989-9074-01-9
e-ISBN978-989-9074-00-2
Publisher versionhttp://www.cecs.uminho.pt/publicacoes/livros/?cat=colecao-territorios-e-comunidades
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_Gama_E-se-comecarmos-por-cumprir-a-constituicao.pdf143,72 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID