Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/74578

TitleA engenharia Kansei e as suas abordagens
Other titlesThe Kansei engineering and its approaches
Author(s)Ribeiro, Iara Margolis
Providencia, B
KeywordsEngenharia Kansei
Sentimentos
Abordagens
Design emocional
Metodologia Kansei
Kansei engineering
Feelings
Approaches
Emotional design
Kansei methodology
Issue date18-Jun-2021
PublisherSociedade Brasileira de Design da Informação
JournalInfoDesign - Revista Brasileira de Design da Informação
CitationMargolis Ribeiro, I., & Providência, B. (2021). A Engenharia Kansei e as suas Abordagens. InfoDesign - Revista Brasileira De Design Da Informação, 18(1). https://doi.org/10.51358/id.v18i1.816
Abstract(s)A Engenharia Kansei surgiu na década de 1950 como tecnologia de desenvolvimento de produto através das percepções intangíveis, como os sentimentos do usuário diante de um bem ou um serviço. É uma metodologia que busca tangibilizar o sentimento em um design físico, ou até melhorias de serviço, por meio de variadas e distintas abordagens práticas. No material publicado é possível perceber uma evolução e um crescimento das práticas adotadas desde o uso da palavra Kansei à utilização de modelagem matemática ou realidade virtual. O presente artigo tem como proposta concatenar os tipos de abordagens sob o viés de diversos autores da área. Desta forma, este trabalho teve como objetivo analisar a origem da engenharia Kansei e seus diferentes tipos de métodos utilizados. O artigo reúne, a partir de um trabalho de análise bibliográfica, um o total de oito tipos de métodos distintos. É feito um comparativo entre os métodos e suas características, bem como as particularidades de cada um dos tipos.
Kansei Engineering emerged in the 1950s as a product development technology through intangible perceptions, such as the user’s feelings about a good or service. It is a methodology that seeks to embody the feeling in a physical design, or even service improvements, through various and different practical approaches. In the published material it is possible to notice an evolution and a growth of the practices adopted from the use of the word Kansei to the use of mathematical modeling or virtual reality. This article aims to concatenate the types of approaches under the bias of several authors in the field. Thus, this work aimed to analyze the origin of Kansei engineering and its different types of methods used. The article brings together, from a bibliographic analysis work, a total of eight different types of methods. A comparison is made between the methods and their characteristics, as well as the particularities of each type.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/74578
DOI10.51358/id.v18i1.816
ISSN1808-5377
Publisher versionhttps://infodesign.org.br/infodesign/article/view/816
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:Lab2PT - Artigos
Lab2PT - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Margolis I Providencia B InfoDesign V18 n1 2021 .pdf711,69 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID