Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/69438

TitleModelos de negócio para a economia circular aplicados à indústria têxtil
Other titlesCircular economy business models applied to the textile industry
Author(s)Rodrigues, Dinis Manuel Martins
Advisor(s)Sá, Elisabete
KeywordsModelos de negócio sustentáveis
Economia circular
Indústria têxtil
Barreiras
Motivadores
Sustainable business models
Circular economy
Textile industry
Barriers
Drivers
Issue date2020
Abstract(s)O presente trabalho de investigação tem como propósito compreender a importância dos fatores institucionais e o papel das convicções e normas pessoais dos decisores dentro das empresas têxteis na motivação e inibição da adoção de modelos de negócio para a economia circular. Pretende também explorar a aceitação e implementabilidade dos diferentes modelos de negócio descritos na literatura e Identificar as configurações dos modelos de negócio para a economia circular mais adequadas às circunstâncias organizacionais e pessoais dos decisores da indústria têxtil. Começou-se por analisar a literatura existente sobre o tema da investigação, estabelecendo a base para a exploração teórica e subsequente plano de investigação empírica para dar resposta às seguintes perguntas de pesquisa: “Quais os fatores que motivam e inibem os empresários da indústria têxtil relativamente à adoção de modelos de negócio para a economia circular? Que configurações de modelos de negócio são mais adequados tendo em conta esses fatores?”. Tendo em conta a natureza exploratória do estudo realizou-se um estudo qualitativo, no qual participaram 12 empresas da indústria têxtil distribuídas por duas empresas na área de fiação, uma tinturaria, cinco confeções e quatro retalhistas. Os entrevistados ocupam uma posição maioritariamente de CEO´S e Diretores de Qualidade. Os resultados evidenciam que existe uma aceitação positiva pelos modelos de negócio apresentados e uma elevada prática de processos sustentáveis dentro das empresas. Foi possível também evidenciar que existem diversos fatores institucionais e normas pessoais que afetam as decisões de se mudar para a economia circular.
This research aims to understand the importance of institutional factors and the role of personal beliefs and norms of decision makers within textile companies in motivating and inhibiting the adoption of business models for the circular economy. It also explores the acceptance and implementability of the different business models described in the literature and to identify the business model configurations for the circular economy that are suitable to the organizational and personal circumstances of the textile industry decision makers who participated in the study. We started by analyzing de extant literature on the topic, setting the foundations for the theoretical exploration and subsequent research plan aiming at answering the following research questions: “What are the factors that motivate and inhibit entrepreneurs in the textile industry regarding the adoption of business models for the circular economy? What business model configurations are best suited to these factors?”. Taking into account the exploratory nature of the study, a qualitative study was carried out, with the participation of 12 companies in the textile industry, distributed by two companies in the spinning area, one dyeing plant, five apparel manufacturing and four fashion retailers. The interviewees hold a position mainly of CEO and Quality Directors. The results show that there is a positive acceptance for the presented business models and a high practice of sustainable processes within the companies. It was also possible to find that there are several institutional factors and personal norms that affect decisions to move to the circular economy.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estudos de Gestão
URIhttps://hdl.handle.net/1822/69438
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dinis Rodrigues.pdf808,79 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID